LINHAS DE PESQUISA E PROJETOS

Fronteras Globales

O Lepif faz parte da Rede de Pesquisa Fronteras Globales, formada por dez países da América Latina e a Itália, a qual desenvolve o Projeto “Explorando la economía política de la violencia en los sistemas fronterizos de América Latina: hacía una comprensíon integral” coordenada pela Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales – FLACSO Equador e financiada pelo International Development Research Centre – IDRC Canadá.

Global Observatory of Transnational Criminal Networks

O LEPIF é partner do Global Observatory of Transnational Criminal Networks  e atua na elaboração projetos de pesquisa voltados à  compreensão e análise de redes criminosas locais e transnacionais, especialmente  no que compete a organizações envolvidas em promover a corrupção e a violência massiva no Brasil.

Rede de Pequisa em Paz, Conflitos e Estudos Críticos de Segurança

O Lepif faz parte da Rede de Pequisa em Paz, Conflitos e Estudos Críticos de Segurança, Rede PCECS, a qual tem por objetivo mover o debate em torno das temáticas sobre paz, conflitos e segurança além do viés estadocêntrico, ainda prevalecente nas Relações Internacionais. Neste sentido, a rede privilegia a multidisciplinariedade bem como a retomada do aspecto normativo da análise acadêmica em torno destas questões. Isto, por sua vez, implica a retomada do debate relativo às dimensões ontológicas e epistemológicas que definem estes campos de estudo, bem como a valorização das implicações destes campos de pesquisa no que concerne sua dimensão prática, como por exemplo, na elaboração de políticas que promovam paz e segurança.

Percepção Social sobre Segurança e Política de Drogas na Zona de Fronteira

A equipe do Laboratório participou da pesquisa de campo do Projeto "Percepção social sobre segurança e política de drogas na zona de fronteira" do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA e executado pela empresa de consultoria especializada Consulting do Brasil. Os pesquisadores do Lepif que atuaram neste projeto na edição 2016 foram Carine Sugano, Inara PaschoalinoJennifer Silva, Leonardo Terra e Nathan Bueno. Foram aplicados entrevistas em mais 50 cidades de todo o estado do Rio Grande do Sul. A aplicação, iniciada em agosto de 2016, tem como objetivo perceber as influências das políticas de drogas do Uruguai no Brasil, principalmente nos estados sulistas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina e assim fornecer dados para a formulação de políticas públicas brasileiras de drogas. No segundo semestre de 2017 será realizado a segunda edição desta mesma pesquisa na região Sul.

Direito, Fronteiras e Relações Internacionais

Esta linha de pesquisa visa promover estudos empíricos e teóricos na temática do Direito e suas interfaces com as Relações Internacionais e a temática das Fronteiras. Nossa proposta é desenvolver pesquisas compreendendo as fronteiras de forma ampla, como as existentes entre as diferentes áreas do conhecimento, culturas, etnias etc. O grupo de pesquisadores é formado por estudantes do curso de Direito e de Relações Internacionais, e está aberto à toda forma de diálogo e colaboração acadêmica possível. Inicialmente nossas pesquisas estão voltadas às seguintes temáticas:

1- Relações de Trabalho, Direitos trabalhistas, Migrações e Fronteiras

2- Direito do Trabalho, Políticas Culturais: pesquisando o Brasil e a Coreia do Sul

3- Direito, Relações Internacionais e Sistema Penitenciário

4- Direitos Humanos, Políticas de Segurança  para as drogas: comparando o Brasil e o Uruguai

 

5- Acesso à Justiça, Direito do Trabalho e Direito Internacional Privado

Estudos Antropológicos com Comunidades Indígenas para fins de Plano de Manejo do Refúgio da Vida Silvestre do Morro São Pedro

Projeto coordenado pela Antróloga Maria Paula Prates e executado em conjunto com o Antropólogo Joachim Carreira. O projeto se volta para estudos antropológicos realizados junto aos coletivos indígenas charrua, guarani-mbyá e kaingang para fins de elaboração de Plano de Manejo do Refúgio da Vida Silvestre do Morro São Pedro e seu entorno. Também se tem como objetivo prestar apoio técnico à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Porto Alegre (SMAM) no que concerne ao meio antrópico da região do Morro São Pedro em Porto Alegre.

Red Cono Sur de Investigacíon en Cuestión Penitenciaria (RCSICP)

O Lepif é um dos membros fundadores da RCSICP, estabelecida em setembro de 2015 entre seis Instituições de Ensino Superior da Argentina, Brasil, Chile e Uruguai. A Rede tem como objetivo desenvolver conjuntamente ações científico-acadêmicas e de extensão e contribuir para o avanço e difusão do conhecimento nas áreas da execução penal e da questão penitenciária.

Fronteiras Nipo-Brasileiras

A pesquisa "Fronteiras Nipo-Brasileiras”, realizada pelo Pesquisador e Tradutor de Japonês Nathan Bueno, está em desenvolvimento, seu objetivo é identificar a atual conjuntura dos sistemas penitenciários brasileiro e japonês, buscando evidenciar as semelhanças e diferenças em ambos os países no que tange às estatísticas carcerárias, Direitos Humanos, estrangeiros reclusos, acordos binacionais e internacionais etc.

Perspectiva de Gênero nas Relações Internacionais

Pesquisa em desenvolvimento, possui como resulado o Trabalho de Conclusão de Curso da Pesquisadora Agnes Félix, intitulado "A Trajetória da Organização das Nações Unidas (ONU) na busca pela igualdade de gênero e sua consonância com as políticas públicas brasileiras: da Conferência de Pequim (1995) até a criação da ONU Mulheres (2010)".

Relações Brasil-Daehan Minguk

A pesquisa "Relações Brasil-Daehan Minguk”, realizada pela Pesquisadora e Tradutora de Coreano Jennifer Silva está em desenvolvimento e seu objetivo é analisar as indústrias culturais da Coréia do Sul e seus impactos econômicos, políticos e sociais no Brasil e no sudeste asiático. Em um recorte para o K-Hallyu (onda cultural coreana), a pesquisa alça acordos binacionais, novas diásporas, Direitos Trabalhistas, Direitos Humanos, comércio exterior e etc.

Dinâmicas das Políticas Externas e Internas para a Igualdade Social

Projeto de pesquisa em desenvolvimento, possui como resultado o Trabalho de Conclusão de Curso do Pesquisador Rafael Masson, intitulado "A promoção da igualdade social compartilhada: uma análise sobre os pontos de encontros entre as políticas internas e externas brasileiras durante o governo Lula (2003 a 2010)".

Estágio Acadêmico

O Lepif possui convênio com a Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)  para a realização de estágios acadêmicos dos alunos no Laboratório. A proposta é que os graduandos possam participar de pesquisas nas diversas áreas das ciências sociais, especialmente nas relacionadas com temáticas ligadas aos Direitos Humanos, Relações Internacionais e Políticas Públicas em geral. 

Please reload